A cobra mais venenosa do mundo Taipan-do-interior

A taipan-do-interior é ágil e muito inteligente, sendo capaz de perceber os mais simples movimentos


Típica de regiões semiáridas da Austrália, a taipan-do-interior (Oxyuranus microlepidotus) é a cobra mais venenosa do mundo. É tão perigosa que apenas uma picada contém quantidade suficiente de veneno para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos.

A taipan-do-interior é ágil e muito inteligente, sendo capaz de perceber os mais simples movimentos. Seu veneno é conhecido por atuar no sistema nervoso periférico, responsável por ligar o sistema nervoso central a outros órgãos do corpo e, com isso, realizar o transporte de informações.

Ao entrar no corpo, o veneno desta cobra causa parada respiratória, além de coagulação do sangue e bloqueio dos vasos sanguíneos. Se a mordida não é tratada, ela pode matar em cerca de 30 minutos.

A mais venenosa, mas não a mais letal
A taipan-do-interior é ágil e muito inteligente, sendo capaz de perceber os mais simples movimentos
Apesar do potencial de toxicidade do veneno da taipan-do-interior, ela não é a cobra com mais mortes no currículo. Isso porque ela vive em regiões muito remotas, cujo acesso é difícil. Desta forma, ela raramente entra em contato com humanos.

De acordo com herpetólogos, especialistas em cobras, a taipan-do-interior é uma espécie reclusa, que prefere fugir quando se sente ameaçada. O que não significa que não vai se defender caso precise. Ela é uma cobra fácil de ser identificada. Tem olhos negros, cabeça preta, corpo na cor mostarda e escamas manchadas de preto. Por causa da sua cor, pode se camuflar facilmente na areia.

Poucos ataques e um antídoto para sua picada
A cobra mais venenosa do mundo Taipan-do-interior
Devido à sua reclusão e difícil acesso à região que habita, os casos de ataques de cobras da espécie taipan-do-interior são raros. Um dos últimos casos registrados de ataque remonta ao ano de 2017.

Apaixonado por cobras, Nathan Chetcuti, de 19 anos, foi mordido por sua cobra de estimação enquanto tentava colocá-la em sua gaiola. Levado ao hospital, o jovem sobreviveu, muito graças ao antídoto desenvolvido no ano de 1955 para cortar os efeitos do veneno da taipan-do-interior. A rapidez em levar o jovem australiano para o hospital foi fundamental para sua sobrevivência.

Quais são as cobras mais mortais?
A taipan-do-interior é ágil e muito inteligente, sendo capaz de perceber os mais simples movimentos
Como vimos, a toxicidade do veneno da cobra é um fator que nos faz associar o risco à mortalidade. Entretanto, a taipan-do-interior não chega a ser uma cobra com um número de mortes elevado, pelo contrário. E seu caso não é exceção. Especialistas confirmam que algumas das cobras com o veneno mais tóxico raramente têm o hábito de atacar pessoas.

Mas então, quais são as mais mortais? Segundo levantamentos, as cobras mais mortais estão especialmente no continente africano, asiático e na Oceania. Anote aí o nome das cinco primeiras da lista e tome cuidado: taipan-papuana (Papua Nova Guiné), biúta (África), jararaca-do-norte (América Central e do Sul), taipan-costeira (Austrália) e víbora-de-russell (Ásia).

+ Filme Venom Tempo de Carnificina
+ Filme Cruella





+ Filme Encanto
+ Filme Venom

Fonte: megacurioso Fotos: Divulgação

Veja também

4° Sutiã Romântico Luvlette

Sutiã Romântico Luvlette

Mais visitadas

Tatuagens femininas