Saiba por que as cobras mostram a língua

A cobra coloca a língua para fora para coletar informações para seu órgão vomeronasal ou órgão de Jacobson; que em suma, é um receptor químico estrategicamente localizado em frente ao céu da boca da cobra


Ao contrário da crença popular, as cobras não picam ou usam suas línguas bifurcadas como uma arma ameaçadora, saiba porque neste artigo.

Você sabia que as línguas das cobras são inofensivas? Embora a visão de uma cobra mostrando a língua possa parecer assustadora, isso não significa uma ameaça. Mas, afinal por que as cobras mostram a língua?

Uma cobra coloca a língua para fora para coletar informações para seu órgão vomeronasal ou órgão de Jacobson; que em suma, é um receptor químico estrategicamente localizado em frente ao céu da boca da cobra.

Desse modo, cada vez que a cobra mostra sua língua bifurcada, ela captura partículas químicas no ar, que se prendem ou se dissolvem na umidade da língua da cobra.

Assim que o animal coloca a língua para fora, ele insere as pontas da língua bifurcada nas duas aberturas do órgão de Jacobson onde as partículas – especialmente aquelas que têm a ver com odores do corpo animal – são identificadas, analisadas e acionadas.

As cobras mostram a língua somente para cheirar?
A cobra coloca a língua para fora para coletar informações para seu órgão vomeronasal ou órgão de Jacobson; que em suma, é um receptor químico estrategicamente localizado em frente ao céu da boca da cobra
Na verdade, não. Isso porque, para a cobra macho, a língua também é um órgão sensual. Ela desempenha um papel vital no namoro e na reprodução da cobra, já que os movimentos bruscos do corpo da cobra macho e o movimento rápido da língua encantam a cobra fêmea ou a deixam sem resposta.

Portanto, ao mostrar a língua, as cobras não só detectam predadores, presas e outros objetos ou animais de interesse em sua área, mas também garantem a sobrevivência da espécie.

15 curiosidades sobre a língua dos répteis
Saiba por que as cobras mostram a língua
1. Movimentos lentos e controlados da língua simplesmente significam que a cobra está percebendo o que está ao seu redor através do olfato.

2. Movimentos curtos e rápidos da língua geralmente indicam que algo realmente chamou a atenção de sua cobra, como um rato ou outro alimento.

3. A curiosidade da cobra pode levá-la a morder, portanto, fique atento a movimentos rápidos da língua durante o manuseio para evitar mordidas indesejadas.

4. Alguns estudos sobre cascavéis mostraram que muitas cobras venenosas sabem especificamente como rastrear seu próprio veneno e usam a língua nesse processo.

5. As cobras não são as únicas com línguas bifurcadas. Na verdade, muitos lagartos usam a mesma vantagem na natureza.

6. Quando um animal escapa, a cobra o procura enquanto agita sua língua para pegar produtos químicos no ar e farejar o rastro do animal.

7. A divisão no final da língua permite que as cobras obtenham muito mais informações de uma área muito maior.

Outras curiosidades
A cobra coloca a língua para fora para coletar informações para seu órgão vomeronasal ou órgão de Jacobson; que em suma, é um receptor químico estrategicamente localizado em frente ao céu da boca da cobra
8. A língua das cobras é vital, pois a única maneira delas usarem seu incrível olfato é sacudindo a língua para fora.

9. O órgão de Jacobson é o pequeno órgão vomeronasal específico que conecta o sentido do olfato da língua ao cérebro da cobra.

10. A língua bifurcada é uma das melhores características de sobrevivência que uma cobra possui devido à evolução.

11. Várias espécies de cobras têm línguas de cores diferentes. Algumas espécies têm línguas escuras, enquanto outras são vermelhas, azuis ou creme.

12. Órgãos vomeronasais são encontrados apenas em animais terrestres, mas não na maioria dos primatas.

13. Aristóteles acreditava que as línguas bifurcadas das cobras lhes proporcionam um “prazer duplo” do paladar.

14. Há um mito comum que as cobras usam a língua para picar, embora não haja evidências claras por trás dessa afirmação.

15. Durante o século XIX, o naturalista francês Jean-Baptiste Lamarck afirmou que as cobras usam a língua para sentir o ambiente

+ A cobra mais venenosa do mundo Taipan-do-interior
+ Confira as 7 curiosidades sobre a Ilha das Cobras
+ Confira as 10 cobras mais venenosas do mundo





+ Confira os 6 insetos mais violentos do mundo
+ Curiosidades sobre a raríssima lagosta azul
+ Os animais mais esquisitos do mundo

Fonte: segredos do mundo Fotos: Divulgação

Veja também

Mais Populares

Sutiã Simples Romântico