Conheça as cobras brasileiras

As cobras brasileiras passaram a ser consideradas animais de estimação no Brasil a partir de 1997. Ainda assim, o IBAMA só autoriza a criação de cobras não peçonhentas.


Embora não seja muito comum, ter uma cobra como animal de estimação pode ser interessante. Observar o comportamento desses animais e admirar a beleza de cada espécie podem ser hobbies muito prazerosos, ainda mais quando se trata de cobras brasileiras, que exibem uma variedade de cores e tamanhos.

Este artigo é para você, que ama répteis e está interessado em ser tutor de uma cobra. Vamos listar os tipos de cobras brasileiras e suas características físicas e comportamentais. Assim, vai ficar mais fácil decidir qual escolher, não é mesmo?



Cobras brasileiras em casa só com autorização do IBAMA

Esse é um detalhe muito importante para poder realizar o sonho de ter uma linda cobrinha em casa. Assim como qualquer outro réptil, as cobras devem ser adquiridas de criadores legalizados, com registro do IBAMA.

Os répteis assistidos pelos órgãos fiscalizadores possuem um microchip. Assim, a existência desse animal estará documentada, e o seu desenvolvimento será acompanhado passo a passo.

As cobras brasileiras passaram a ser consideradas animais de estimação no Brasil a partir de 1997. Ainda assim, o IBAMA só autoriza a criação de cobras não peçonhentas. Então, nada de descumprir as regras. Além de ser perigoso para você e prejudicial para o animal, é crime com penalidades previstas em lei!

Confira os tipos de cobras típicas do Brasil
Conheça as cobras brasileiras
Existem diversos tipos de cobras brasileiras encantadoras. Cada uma traz características que a deixam mais especiais. Sem falar que muitas possuem curiosidades surpreendentes. Tudo isso explica a admiração de muitas pessoas por elas e o desejo de tê-las por perto em suas casas.

Para ficar de fácil entendimento, o blog da Petz listou os tipos brasileiros mais comuns, dividindo-os em grupos de cobras venenosas e não venenosas. Assim, você saberá quais são as cobras brasileiras não venenosas e escolher uma dentro dessa classificação. Confira a seguir:

Cobras venenosas mais comuns

Coral Verdadeira: está entre as cobras brasileiras mais venenosas, embora não seja agressiva e não dê voluntariamente o bote. Típica das regiões Sul e Sudeste do Brasil;

Jararaca: é a espécie que mais causa acidentes com vítimas fatais porque está nos locais onde transitam muitos caçadores e pescadores; Jararacuçu: também conhecida como surucucu. É vivípara, ou seja, seus filhotes nascem do útero;

Urutu: possui cauda curta e porte grande. É encontrada nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul;

Cascavel: de cor marrom, possui anéis ao longo do corpo. Sua marca registrada é o chocalho feito de pele morta, localizado na ponta do rabo.

Cobras não venenosas mais comuns

Falsa Coral: sua dentição pode ser opistóglifa (quando os dentes injetam veneno, mas estão localizados na parte de trás da boca dificultando a mordida) ou áglifa (quando os dentes são maciços e não injetam veneno). Essa característica a diferencia da Verdadeira;

Jiboia: considerada uma das maiores cobras brasileiras, podeo atingir até quatro metros. Pode ser encontrada nas regiões amazônicas, Nordeste, Sul e Sudeste;

Muçurana: conhecida como “cobra do bem”, tem um gosto alimentar curioso — se alimenta de outras cobras;

Sucuri: encontrada na Floresta Amazônica, se alimenta de peixes, roedores, rãs, lagartos, jacarés, entre outros vertebrados. Uma informação boa é você pode tê-la em casa por até 30 anos!

Saiba quais são os tipos de cobra em extinção
As cobras brasileiras passaram a ser consideradas animais de estimação no Brasil a partir de 1997. Ainda assim, o IBAMA só autoriza a criação de cobras não peçonhentas.
Ao adquirir um pet, é muito importante conhecer tudo sobre ele. Inclusive, é válido saber se faz parte da lista de animais em extinção. As cobras, por serem animais silvestres e possuírem atrativos como a pele, por exemplo, tendem a estar no alvo de caçadores clandestinos.

A lista de cobras em extinção infelizmente é extensa, porém existe um dado bastante animador: elas se reproduzem em larga escala, e isso torna essa lista bastante variável.

Entre as espécies de cobras brasileiras mais ameaçadas estão a Jiboia Amarela, encontrada apenas em São Paulo, e a Jararaca de Alcatrazes, presente em diversas regiões do país. Já a espécie que ocupa o topo da lista no mundo é a Píton — reticulada, que assusta pelo tamanho, mas é de fácil domesticação.
As cobras brasileiras passaram a ser consideradas animais de estimação no Brasil a partir de 1997. Ainda assim, o IBAMA só autoriza a criação de cobras não peçonhentas.
Agora que você já conhece tudo sobre as cobras brasileiras, pode escolher a que mais te agrada. E não esqueça: cumpra todos os protocolos definidos pelo IBAMA e não deixe de preparar o ambiente adequado para receber a cobrinha

+ A cobra mais venenosa do mundo Taipan-do-interior
+ Confira as 7 curiosidades sobre a Ilha das Cobras
+ Confira as 10 cobras mais venenosas do mundo



As cobras brasileiras passaram a ser consideradas animais de estimação no Brasil a partir de 1997. Ainda assim, o IBAMA só autoriza a criação de cobras não peçonhentas.


+ Confira os 6 insetos mais violentos do mundo
+ Curiosidades sobre a raríssima lagosta azul
+ Os animais mais esquisitos do mundo

Fotos: Divulgação

Veja também

2° Sutiã Romântico Luvlette

Moda ~ Lingerie Feminina

Mais visitadas

Tatuagens femininas