Curiosidades sobre as maiores cobras do mundo

Cobra Real é a maior cobra peçonhenta que se tem registro, chegando a ter 5,85 metros


ator: segredosdomundo.r7.com Em primeiro lugar, as maiores cobras do mundo referem-se às diferentes espécies de serpentes, pois essa é uma designação genérica aos animais. Sendo assim, também recebem o nome de ofídios, cobras, mbóis, mboaias e malacatifas. Sobretudo, são répteis poiquilotérmicos sem patas, pertencentes à subordem Serpentes, ou Ophidia.

Curiosamente, estima-se que estes animais tenham proximidade com os lagartos, porque existem alguns animais sem patas que se assemelham às cobras. Mais ainda, chama-se a atração por serpentes e pelas maiores cobras do mundo de ofidiofilia. Em contrapartida, o medo de cobras é a ofidiofobia, em referência ao nome da subordem.

No geral, estima-se que todas as cobras são carnívoras, alimentando-se de pequenos animais, aves, ovos ou insetos. Porém, algumas espécies têm peçonha para matar suas presas antes do consumo, enquanto algumas matam-nas por constrição. Apesar disso, as cobra não mastigam quando comem, porque possuem uma mandíbula flexível com duas partes sem ligações rígidas.

Comumente, as cobras ficam entorpecidas após a refeição, durante o processo de digestão. Ademais, esses animais utilizam quatro métodos de locomoção. Como exemplo pode-se citar a ondulação natural, o movimento de sanfona, a locomoção retilínea e o método zigue-zague.

Por fim, as cobras usam vastos métodos para reprodução. Entretanto, todas utilizam fertilização interna e colocam ovos, mas estes são abandonados logo em seguida. Por outro lado, a ciência tem estudado que existem várias espécies de cobras que desenvolvem os filhotes completamente dentro de si, alimentando-os via placenta e saco amniótico.

1) Píton-Real, a maior cobra do mundo
Píton-Real, a maior cobra do mundo
A princípio, a píton-real ou píton-reticulada alcança um pouco mais de 10 metros. Desse modo, enquanto a sucuri ganha como cobra mais pesada do mundo, essa espécie lidera quando se trata de comprimento.

No geral, localizam-se no Sudeste da Ásia, sendo mais leves que as Anacondas e os répteis mais longos da atualidade. Em resumo, são animais constritores não-venenosos, também não atacam humanos, apesar de alguns casos famosos na Indonésia.

2) Sucuri
Sucuri
Por um lado, as sucuris referem-se ao gênero de boinae com localização na América do Sul. Desse modo, são cobras semiaquáticos que estão também no Brasil. Porém, também estão em outros países, como Equador, Bolívia, Brasil, Colômbia, Venezuela e ao norte da Argentina.

Comumente, chegam a ter entre 3 ou 4 metros, mas existe a espécie da sucuri-verde que alcança 6 metros ou mais. Ademais, essas espécies chegam a viver cerca de 30 anos ou mais.

3) Píton-Indiana, a última dentre as três maiores cobras do mundo
Píton-Indiana, a última dentre as três maiores cobras do mundo
Também com localização em Bangladesh, China, Mianmar, Nepal, Paquistão e Sri Lanka, essa espécie faz parte da família Phythonidae. Desse modo, consiste em uma das maiores cobras do mundo por constrição.

Além disso, tendem a apresentar um padrão albino ou pigimentado, com um padrão de escamas com manchas dorsais quadrangulares alongadas. No geral, alcançam até 4,5 metros e habitam florestas tropicais, campos, pântanos, áreas rochosas e mangues.

4) Píton-Diamante
Píton-Diamante
Sobretudo, é uma espécie constritora que não possui veneno. No geral, algumas espécies alcançam até 6,5 metros de comprimento, mas o mais comum é que tenham cerca de 3 metros.

5) Cobra Real
Cobra Real
Também com o nome hamadríade, essa é uma das maiores cobras do mundo, sendo também uma espécie peçonhenta. Apesar disso, está em ameaça de extinção pela destruição do habitat, mas é uma espécie endêmica da Ásia meridional e do sudeste asiático. Curiosamente, é a maior cobra peçonhenta que se tem registro, chegando a ter 5,85 metros.

6) Jiboia, uma das maiores cobras do mundo no Brasil
Jiboia, uma das maiores cobras do mundo no Brasil
Em primeiro lugar, as jiboias referem-se ao nome da família das maiores cobras do mundo não peçonhentas com localização nas Américas. Além disso, estão também na África, Europa, Ásia e até em algumas ilhas do Oceano Pacífico.

Nesse sentido, as fêmeas geralmente são maiores que os machos, e existem 8 gêneros, assim como 43 espécies registradas. Comumente ultrapassam os quatro metros de comprimento, mas há raras exceções de cobras que chegam a ter seis metros.

7) Píton-birmanesa, uma das cinco maiores cobras do mundo
Píton-birmanesa, uma das cinco maiores cobras do mundo
Em resumo, trata-se de uma espécie que vive no sudeste e sudoeste asiático, mas podem chegar a ter 8 metros de comprimento. Apesar disso, a maioria fica próxima da casa dos 4 metros de comprimento. No geral, alimentam-se de cervos, porcos selvagens, roedores, aves e outros répteis por meio da constrição.

8) Píton-ametista
Píton-ametista
Também com o nome de pitão-do-mato, essa é uma das maiores cobras do mundo não venenosas, e participante da família Pythonidae. No geral, encontra-se a espécie na Indonésia, Papua, Nova Guiné e Austrália. Ademais, é uma das maiores cobras do mundo tanto em comprimento quanto em peso, chegando a 8,5 metros em algumas exceções e 5 metros normalmente.

9) Píton-africana
Píton-africana
Sobretudo, refere-se à uma espécie africana de cobras pítons, em especial na África Subsariana. Comumente, alcançam até 5 metros de comprimento, mas existem exceções que chegaram a 8 metros. No geral, são animais robustos e compridas que comem até mesmo antílopes.

10) Anaconda amarela
Anaconda amarela
Também recebe o nome de sucuri-amarela, sendo membro da família Boidae, como as jiboias. A princípio, é original da América do Sul e menor que a sucuri-verde, mas chega até 4,6 metros de comprimento. Contudo, tem uma massa média de 30kg, podendo chegar até 40kg no caso das fêmeas, porque são maiores que os machos.

11) Cobra Marrom Oriental, uma das maiores cobras do mundo, e a segunda mais venenosa
Cobra Marrom Oriental, uma das maiores cobras do mundo, e a segunda mais venenosa
Primeiramente, essa é uma das maiores cobras do mundo, mas é a segunda mais venenosa. Desse modo, é original da Austrália e tem um tamanho médio de aproximadamente 1,5 metros. Entretanto, a maior espécie registrou 2,013 metros de comprimento.

12) Cobra-índigo
Cobra-índigo
Além de ser uma das maiores cobras do mundo, essa é uma espécie não venenosa da família Colubridae. Sobretudo, é nativa do sudeste dos Estados Unidos, com o título de maior cobra nativa da América do Norte. Nesse sentido, chega a ter até 1,58 metros, mas existem registros de uma espécie que chegou até 2,8 metros de comprimento.

13) Cascavel do Texas, a última dentre as maiores cobras do mundo
Cascavel do Texas, a última dentre as maiores cobras do mundo
Por fim, tem-se essa espécie de cascavel dos Estados Unidos e México. No geral, vivem em zonas áridas e semiáridas que chegam até 2100 metros de altitude. Além disso, variam entre 2,5 e 1,5 metros de comprimento, com uma alimentação baseada em pequenos roedores, aves e répteis.

+ Curiosidades sobre a cobra mulçumana
+ Curiosidades sobre as cobras

Fonte: segredosdomundo.r7.com Fotos: Divulgação

Leia também